O pré-Gonçalo

Vocês não estão a perceber! O mais novo está a horas de fazer 1 ano 😮

Ele não faz ideia mas mesmo antes de nascer, já nos tinha dado muitas noites mal dormidas e muitas horas de coração apertadinho…

Esta segunda gravidez foi incrível durante 6 meses, mas os últimos 3 meses foi mesmo um inferno!!

Como estou a viver em Lisboa e o meu médico de família é no Porto, tentei arranjar junto do Centro de Saúde da área da minha residência um médico que me seguisse a gravidez, mas sem sucesso. E o mesmo aconteceu na Maternidade Alfredo da Costa, que me informaram que só dão apoio a estrangeiros. Infelizmente é este o país que temos 😒

Solução? Deslocar-me a um hospital privado para conseguir ter acesso a serviços de saúde que deviam estar disponíveis no serviço público. Mas nem tudo foi mau…

O médico que apanhei no Hospital CUF Descobertas foi excelente e mesmo tendo uma ecografia que aparentava estar tudo perfeitinho, mandou-me fazer uns exames com umas análises específicas e assim que recebi os resultados a minha cabeça começou a trabalhar!!

Uma mulher quando está grávida ou doente gosta de tentar perceber tudo o que vem escrito nos papéis dos médicos (ridículo, eu sei) e quando não entende faz uma pesquisa sobre o tema (eu devo ter acedido a 1500 sites) o que é ainda pior do que não perceber nada.

Fiquei na incerteza durante uns dias e como ia ao Porto decidi marcar uma consulta com o médico que me seguiu na primeira gravidez e pumbas… as análises diziam que eu estava com um vírus conhecido por Citomegalovírus. E pior do que estar com o vírus era não saber em que trimestre o tinha apanhado ou se já não era a primeira vez porque não havia histórico desta análise em nenhum momento da minha vida.

Voltei a repetir os exames, fiz ecografias com intervalos de uma semana até que os médicos perguntaram-me se queria fazer a amniocentese correndo alguns riscos.

Ora bem, se a amniocentese só ia dizer se o puto estava ou não infetado, eu preferi não correr riscos e esperar que ele nascesse e ter a certeza das coisas.

Durante 3 meses pesquisei imenso sobre o vírus, quanto mais lia mais ficava assustada, mas tinha que esperar.

Assim que ele nasceu, fizemos um exame para ver se ele estava infetado e confere. O vírus deu positivo mas aparentemente estava tudo bem.

Hoje está prestes a fazer um ano e continua tudo bem. Está ótimo e recomenda-se👌🏾

Um dia volto a falar sobre isto e sobre a carga de exames que este miúdo giro faz 😍


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s